Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Biblioteca "Aqui há sonho" dá-lhe as boas-vindas.

A Biblioteca Escolar "Aqui há Sonho" publica um artigo que, mais que uma notícia é um depoimento bastante enternecedor de uma atividade, em sala de aula, e que não só promoveu a leitura como uma multiplicidade de valências importantes para o desenvolvimento educativo dos nossos alunos. Uma atividade paralela ao projeto "Somos Todos Literatura no AEDJ2". Um momento vivenciado e relatado na 1.ª pessoa.

 

Numa manhã cheia de entusiasmo e aprendizagem, aquando da atividade prevista pela Biblioteca Escolar | 12 minutos a LER | tive o privilégio de estar presente na sala de aula da professora Manuela, onde assisti a um momento que ficará, certamente, na memória de todos os alunos. O motivo?! Uma leitura envolvente da clássica história da Branca de Neve e os Sete Anões.

Desde o primeiro momento, foi evidente o cuidado e dedicação da professora Manuela. Enquanto lia a história, as suas palavras prendiam a atenção de cada aluno, transportando-os para o mundo encantado dos contos de fadas. O tempo previsto para a leitura foi ultrapassado, mas ninguém se importou…(quando a leitura envolve, o que menos importa é o tempo), e a professora não se limitou a narrar, mas também estimulou a participação dos alunos com questões pertinentes sobre a trama.

No final da leitura, as questões não ficaram apenas a cargo da professora. Os alunos foram incentivados a participar ativamente, colocando questões uns aos outros. Esta abordagem não só reforçou o entendimento da história como também promoveu a interação entre os alunos.

Após esta viagem pela história da Branca de Neve, os alunos foram desafiados a expressar a sua criatividade através de desenhos e registos escritos. Mas a aula não se limitou apenas à componente de leitura, escrita e expressão artística… A professora Manuela aproveitou cada momento para explorar competências académicas e matemáticas, demonstrando uma abordagem pedagógica inclusiva e diferenciada.

Ao entrar na sala de aula, deparei-me com um ambiente tranquilo e focado. Os alunos estavam bastante envolvidos na leitura, preparando-se para a aventura que se seguiria. Não entrei sozinha. Levei comigo alguns coleguinhas de outra turma, o que apenas acrescentou diversidade e partilha a esta experiência enriquecedora.

Em suma, a aula da professora Manuela foi um exemplo notável de dedicação e empenho pedagógico. A sua capacidade de envolver os alunos, aliada à sua abordagem inclusiva e diferenciada, merece todo o reconhecimento. Foi um momento inspirador e memorável, criado a partir dos 12 minutos a LER!

Notícia para blogue....png

                                                                                                                                                    Relato criado através da sensibilidade da prof.ª da Educação Inclusiva, Lara Silva

Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:44

No presente ano letivo, o Agrupamento de Escolas D. João II participa, mais uma vez, no programa Parlamento dos Jovens. 

Uma iniciativa da Assembleia da República que, entre vários objetivos, pretende educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política.

Este ano, o tema selecionado para ser trabalhado é "Viver Abril na educação: caminhos para uma escola plural e participativa".

cartaz_420x610_PJS_2024 (1).png

Cartaz: Parlamento dos Jovens | Assembleia da República

Neste sentido, os alunos do 3.º ciclo e do ensino secundário foram desafiados, e motivados, para a participação neste Programa formando três listas por cada nível de ensino.

A Escola Básica e Secundária Rainha Dona Leonor de Lencastre dinamizou dois debates, no passado dia 27 de novembro de 2023, com a presença do Sr. Deputado Paulo Marques e, no dia 18 de dezembro de 2023, com o Sr.  Deputado João Dias Coelho. Estes debates permitiram aos alunos esclarecer algumas dúvidas e refletir sobre a temática a ser abordada tendo sido bastante profícuos!

Informações gerais podem ser consultadas AQUI

Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

Mais um Natal que se aproxima e os duendes do Pai Natal, como sempre, já andam bastante atarefados na elaboração de presentes de Natal.

Este ano os alunos são convidados a elaborar trabalhos no âmbito do tema do MIBE – Mês Internacional da Biblioteca Escolar:

"Biblioteca Escolar: O meu lugar preferido para criar e imaginar."

A ideia é a de sempre. A partir de materiais reutilizáveis dedicar algum tempo, imaginação e criatividade, na construção de uma peça de encantar para que todos a possamos admirar e os duendes alegrar!

Aproveitar as férias de Natal para a elaboração do trabalho criativo, fortalecendo laços familiares, onde a diversão e a entreajuda são chamadas à ação, são alguns dos objetivos deste concurso / exposição.

Os trabalhos elaborados deverão ser entregues nas respetivas Bibliotecas Escolares até ao dia 05 de janeiro de 2024, devidamente identificados.

Por aqui, ficaremos expectantes por receber os trabalhos para exposição!

Sairão premiados até 3 trabalhos, por Biblioteca Escolar, através de votação a decorrer na nossa rede social do Facebook.

A Biblioteca “Aqui há sonho” agradece o empenho de todos os envolvidos e os Duendes do Pai Natal ficarão radiantes!

Bons sonhos literários...

Duendarte 23.24 (2).png

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:41

imagem_Desafio n.º2.png

No Dia Internacional contra a Corrupção, que celebramos em 9 de dezembro, é fundamental que se compreenda o papel crucial que cada um desempenha na construção de uma sociedade íntegra.

Este dia não é apenas uma data no calendário, mas uma oportunidade para refletirmos sobre como podemos contribuir para um ambiente comum mais ético e justo. Ao estarmos cientes dos efeitos prejudiciais da corrupção, podemos ser agentes de mudança ao promover valores como a transparência, a responsabilidade, a honestidade, entre muitos outros... 

A prevenção da corrupção começa em pequenas ações e os nossos jovens alunos devem ser convocados, desde cedo, a investir numa personalidade sã, e a construir um mundo onde a honestidade seja a norma, não a exceção.

Para não deixar passar a data em  branco, e fazendo o Agrupamento de Escolas D. João II - Sintra  - parte da Rede de Escolas contra a Corrupção (REcC), a Biblioteca Escolar "Aqui há Sonho" (re)lança o seu livro digital "Fabulando a Corrupção" que vai já na sua 3.ª edição - aumentada. 

Uma boa prática multidisciplinar que tem como base o Projeto "Mais vale Prevenir".

Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:14

Imagem de CatsWithGlasses por Pixabay (1).png

Imagem de CatsWithGlasses por Pixabay

Dia da Língua Portuguesa é comemorado anualmente a 5 de maio entre os países lusófonos.

Esta data celebra a importância cultural e histórica da língua portuguesa para toda a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

 

Para saber mais, consultar:

https://www.unesco.org/pt/days/portuguese-language

https://www.instituto-camoes.pt/sobre/comunicacao/dia-mundial-lingua-portuguesa

 

  • Proposta da Biblioteca Escolar:

Sendo a língua portuguesa uma das línguas mais difundidas no mundo não podemos esquecer o contributo que têm tido, ao longo dos anos, os nossos autores portugueses.

A Biblioteca Escolar convida a elaborar cubos biográficos tendo como base os mais diversos autores portugueses, e utilizando o Cube Creator (poderão imprimir o(s) cubo(s) em A4 ou A3, ilustrar, montar, apresentar à turma e expor).

Para consulta de informação credível sobre autores portugueses, consultar os seguintes links:

DGLAB – Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas:

http://livro.dglab.gov.pt/sites/DGLB/Portugues/autores/Paginas/PesquisaAutores.aspx

Informações sobre alguns autores:

https://www.infopedia.pt/livros-autores/autores/alvaro-magalhaes

Portal da Literatura:

https://www.portaldaliteratura.com/pesquisar.php?cloudKey=1&search=Escritores%20portugueses

 

Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

No passado dia 31 de março, finalizando a Semana da Leitura, decorreu na Biblioteca Escolar da Escola Básica Casal do Cotão a sessão de lançamento do Volume VI, das Histórias da Ajudaris’22. Este volume contém três textos elaborados por alunos de três turmas do nosso Agrupamento, sob o tema da ÁGUA.

Sessão de lançamento AJUDARIS'22 (1).png

Nesta sessão deu-se realce ao texto da turma do 3.ºE, agora 4.ºE, da professora Ana Mafalda Garcia, que elaborou o texto “A aventura da família Gotinhas”, ilustrado por Heloísa Junqueira.

As famílias foram convidadas a estar presentes para assistirem à apresentação da história pelos próprios intervenientes, e não deixaram de receber uma “gotinha solidária”.

Durante a sessão o público foi, ainda, brindado com a leitura dos outros dois textos e com a visualização da curta-metragem “Os fantásticos livros do Sr. Lessmore”, que fez o público refletir sobre a importância do livro e da leitura.

Não tendo sido possível a ilustradora do texto estar presente na sessão, tivemos a oportunidade de conhecer e questionar a ilustradora Aleksandra Balashova, nossa convidada, e representando um leque de ilustradores solidários que abraçam este Projeto.

No final, houve a oportunidade de adquirir o livro, acompanhado por um magnífico marcador, elaborado pelos alunos da turma.

O Projeto "Histórias da Ajudaris" visa a promoção da leitura, da escrita, da arte e da solidariedade.

Foi uma forma fantástica de finalizar uma Semana da Leitura bastante produtiva, repleta de leituras e arte!

A equipa da Biblioteca Escolar agradece a todos os envolvidos neste Projeto e àqueles que contribuíram para que esta sessão decorresse da melhor forma, em especial à técnica de fotografia Vanessa Alves e à orientadora Paula, do Projeto Crescer com os Amigos.

 

Bons sonhos literários…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:11

 

Imagem para artigo do blogue da BE - Desafio 2 - SER ESCRITOR É COOL!.png

O concurso “SER ESCRITOR É COOL!” é organizado pela Rede de Bibliotecas Escolares e tem como objetivos a promoção da leitura e da escrita, com a possibilidade de recurso aos media, e está organizado em 4 escalões: 1.º, 2.º e 3.º ciclos e ensino secundário. O regulamento pode ser consultado AQUI.

O Agrupamento de Escolas D. João II inscreveu-se neste concurso e tem respondido aos desafios em dois dos escalões, 1.º e 2.º ciclos. Ao nível do 1.º ciclo, de entre vários trabalhos enviados, no âmbito do Desafio 2, foi feita uma pré-seleção dos 5 melhores trabalhos, por escalão, e o texto (artigo de opinião) elaborado por um grupo de alunos do nosso Agrupamento foi um dos constantes na lista. Não foi o vencedor, mas para nós, o facto de se terem dedicado à pesquisa de informação temática e terem agarrado a ideia, lançada pela Biblioteca Escolar, de elaborarem um artigo de opinião, já é bastante meritório. Depois das ideias registadas em papel os alunos estiveram na Biblioteca Escolar para transcrever o texto para o digital e ao mesmo tempo fazer um exercício de melhoramento textual.

Aqui apresentamos o texto/ artigo de opinião elaborado a partir da questão “Para que serve, afinal, o Tik Tok?”: “O Tik Tok é uma rede social que serve para fazer várias coisas engraçadas, como cantar, dançar, fazer dobragens, legendar, editar, testar filtros, ver e responder a desafios, visualizar vídeos de animais fofinhos, de pessoas a cozinhar ou a pregar partidas divertidas, entre outras. O Tik Tok pode ser muito bom para passar o tempo mas também pode ser mau, por exemplo, quando se encontram vídeos embaraçosos. Em 2021 o Tik Tok fez uma coisa muito boa, por cada vídeo que se criava ganhava-se 10 cêntimos e isso atraiu muita gente para a sua utilização. Usar o Tik Tok pode ser divertido, porém, convém não esquecer que deve apenas ser utilizado por adultos ou por crianças a partir dos 13 anos pois, por vezes, pode ser difícil compreender atitudes más ou comentários maldosos por parte de algumas pessoas.”

Trabalho elaborado pelos alunos: Amed Baldé; Gelsony Semedo e João Mota | Desafio “Ser escritor é cool” | Escola Básica Casal do Cotão | 4.ºE – prof.ª titular de turma: Ana Mafalda Garcia | Acompanhamento por parte da Biblioteca Escolar

Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03

13
Dez22

DUENDARTE - 9.ª Edição

por Sonhos de Rei

Duendarte - 9.ª edição 22-23 (1).jpg

Mais um Natal que se aproxima e os duendes do Pai Natal, para não variar, já andam bastante atarefados na elaboração de presentes de Natal. Este ano estás convidado a elaborar trabalhos no âmbito do projeto da tua turma. Exemplo: Se a tua turma está a trabalhar a alimentação, poderás elaborar frutos, vegetais,… A ideia é a de sempre. A partir de materiais reutilizáveis dedica algum do teu tempo, imaginação e criatividade, na construção de peças de encantar para que todos os possamos admirar e os duendes alegrar! Pede ajuda aos teus familiares e divirtam-se juntos! Quem alinha?! Podes aproveitar as férias de Natal para a elaboração do teu trabalho criativo e entregá-lo na tua Biblioteca Escolar, até ao dia 06 de janeiro de 2023. Por aqui, ficaremos expectantes por receber o teu trabalho para exposição! SE O TEU TRABALHO FOR UM DOS MAIS ORIGINAIS PODERÁS SAIR PREMIADO! (sairão premiados até 3 trabalhos, por Biblioteca Escolar) A Biblioteca “Aqui há sonho” agradece o teu empenho e os Duendes do Pai Natal ficarão radiantes! Bons sonhos literários...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:14

Imagem bePLAN23 (1).png

Por aqui estamos muito contentes pela nossa candidatura com a atividade "BE e o Currículo: a Comemorar o MIBE com o Bookmark Exchange Project " ter sido uma das premiadas no âmbito da candidatura bePLAN23. Os objetivos são claros:

Articular com diversas disciplinas a comemoração do MIBE - Mês Internacional da Biblioteca Escolar, participando num projeto de cariz internacional e abordar, de forma interdisciplinar, a temática da guerra versus paz e harmonia globais através de obras literárias.

No âmbito do MIBE, a Biblioteca Escolar convida as disciplinas a juntarem-se às comemorações participando no Bookmark Exchange Project, um concurso internacional - com a assinatura da IFLA - de troca de marcadores de livros. Uma forma original de se valorizar a leitura, o gosto por conhecer outras culturas e modos de vida diferentes, potenciado a cidadania ativa de todos. Assim, sob o tema - paz e harmonia globais -, no Agrupamento de Escolas D. João II, o projeto desenvolver-se-á em articulação com o currículo de forma transversal e interciclos: - A partir da leitura de obras literárias infantojuvenis, um trabalho realizado entre a Biblioteca Escolar e professores titulares de turma e professores de Português, os alunos aguçam a sua criatividade e desenham o seu projeto de expressão plástica; - Em Cidadania, debatem-se os temas em análise; - Nas disciplinas de expressão artística constroem-se os marcadores; - Na disciplina de Inglês traduzem-se frases e/ ou textos para partilha nos marcadores. Assim, tenha-se - o Bookmark Exchange Project- um trabalho de articulação curricular realizado colaborativamente com a Biblioteca Escolar. Bons sonhos literários...

https://www.rbe.mec.pt/np4/candidatura-bePLAN23.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

13
Jun22

IMG-20220602-WA0002.jpg

IMG-20220602-WA0008.jpg

No dia 2 de junho, realizou-se, na biblioteca escolar, com a presença das turmas do 7.º B e E, acompanhados pelos professores, Íris Ralha e António Vasco, o encontro com o mediático Miguel Boim, o Caminheiro de Sintra, pseudónimo, pelo qual assina o livro Histórias e Lendas do Monte da Lua. A abertura da sessão contou com a presença da professora da equipa da BE, Ilda Calado. Esta atividade decorreu no contexto da proposta da Autarquia de Sintra (Divisão de Educação e Juventude), Animação do Livro e da Leitura: os Escritores vão à Escola, organizada pela Dra. Raquel Camacho. Com esta oferta a Autarquia pretende melhorar os níveis de literacia nas escolas do concelho de Sintra. Miguel Boim conquistou o seu público contando com encanto e sabedoria – numa visão humanista - os tesouros da Serra de Sintra, nomeadamente: a fauna e a flora da floresta da Serra de Sintra (Parque Natural de Sintra-Cascais) e lendas e histórias sintrenses aliadas ao seu património artístico. Quem assistiu teve oportunidade de desenvolver a sua literacia da leitura, mas também a sua sensibilidade estética e artística e consciencializar-se da importância para preservar a biodiversidade da Serra de Sintra e o seu património. Miguel Boim foi mestre em articular os conteúdos curriculares de História, de Português e de Cidadania com o património cultural sintrense, através dos contos e lendas que partilhou. Muito obrigada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog